Ir para ...

Hoje: 20/8/2017 e são 22:49

OS LEIGOS E A IGREJA: ENTENDIMENTOS E DESAFIOS DE SUA VOCAÇÃO E MISSÃO


O Concílio Vaticano II despertou na Igreja uma nova compreensão de si mesma e o início de um novo tempo, que na perspectiva de comunhão, própria deste Concílio, inclui todos os batizados como membros ativos do Povo de Deus e como participantes indispensáveis na ação evangelizadora da Igreja no mundo. Na América Latina, com as Conferências Episcopais, esta questão recebe evidência e caminha para novos desafios, sempre em diálogo com a sociedade e em resposta aos desafios contextuais.

Novos tempos avançam com o Pontificado do Papa Francisco, que conclama uma Igreja em saída, na ótica dos pobres e em misericórdia. Situar a vocação/missão dos cristãos-leigos neste processo é uma tarefa a ser realizada e buscada. Dentro deste quadro, a intenção deste trabalho é refletir a vocação/missão dos cristãos-leigos, num jeito próprio de ser e fazer Igreja, que começou com o Concílio, passou pelas Conferências e hoje se encontra diante dos desafios apontados pelo Papa Francisco. Faremos aqui um resgate de elementos do Concílio Vaticano II e aspectos pertinentes das Conferências Episcopais Latino-Americanas e Caribenhas, levando, ao final, a questões eclesiais que nos chegam a partir do Papa Francisco e o que avança a partir dele. As reflexões que surgem favorecem o entendimento do processo e a apontam novos caminhos para esta vocação e para toda a Igreja, que em sua natureza é toda missionária

Artigo CESAR CUZAM publicado na Revista Medellín – Cebitepal/CELAM, em 2016, agora está disponível on line. É sobre a temática dos leigos e a presença desta discussão nas Conferências do CELAM e agora com Francisco.

Para acessar o texto só clicar do link –

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO AO TEXTO PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *